Técnica Pomodoro: Mais foco e mais produtividade no trabalho, nos estudos e na sua vida

Imagine a seguinte situação: O João é engenheiro de uma multinacional muito renomada no mercado. É uma pessoa comum, mas sofre de um “probleminha...” Hoje ele acordou cedo para ir para o trabalho, ele tem uma tarefa muito importante para fazer, mas felizmente ele possui várias horas para trabalhar. As horas passam, o dia acaba e tudo que João conseguiu fazer hoje foi tomar 11 cafezinhos, checar seus e-mails a cada 5 minutos, acessar 37 vezes o site de notícias e bater papo com todos os colegas do andar. João se sente até mal com isso, e decide continuar o trabalho em casa, mas tudo se repete, com exceção que agora ele também fica vendo as fotos dos amigos no Instagram. A verdade é que João não gosta de fazer essas coisas e até sente-se culpado... mesmo assim, ele simplesmente não consegue parar de fazer. Ele se sente confuso e não entende como o tempo pode passar tão rápido quando não se está fazendo nada. Quando está acabando, ele tenta fazer tudo na última hora. Mas já é tarde demais pra conseguir terminar. João vai dormir muito frustrado e quando acorda, tudo inicia novamente. João sofre de um grande problema: Procrastinação. É engraçado né? Parece que a gente já conhecia o João antes... Se seus dias parecem com o dele, você vai adorar saber disso: Existe uma salvação, e ela se chama Técnica Pomodoro, que iremos conhecer a seguir.

A técnica Pomodoro foi criada no final da década de 80 pelo italiano Francisco Cirillo, é um método de gestão de tempo que pode ser aplicado para diversas tarefas, seja nos estudos, seja no trabalho. Conforme o livro de Cirillo “The Pomodoro Technique”, a técnica foi criada para utilizar o tempo como um valioso aliado e realizar o que queremos fazer e do jeito que queremos fazê-lo. Além disso, capacita-nos continuamente para melhorar nossos processos.

Depois que a alegria de concluir meus exames do primeiro ano acabava, me encontrava em uma crise existencial, um momento de baixa produtividade e alta confusão. Todos os dias eu ia para a universidade, frequentava aulas, estudava e voltava para casa com o desânimo de que eu realmente não sabia o que eu estava fazendo, que estava perdendo meu tempo", conta ele em seu livro The Pomodoro Technique (A Técnica Pomodoro, em tradução livre para o português).

Assim, seu cronômetro tinha o formato de um tomate (pomodoro, em italiano) e girava durante 25 minutos, emitindo um barulho forte ao final desse prazo. Nesse meio tempo, Cirillo se concentrava nas suas tarefas sem interrupções (mesmo!), mantendo-se 100% focado. Ao perceber os resultados satisfatórios, divulgou sua técnica em 1992.


Mas de fato, como funciona a técnica Pomodoro?

A técnica se baseia na ideia de que dividindo o nosso fluxo de trabalho em blocos de concentração intensa, conseguimos melhorar a agilidade do cérebro e estimular nosso foco. Em outras palavras, melhoramos nossa gestão do tempo e ficamos mais eficientes. Portanto, para colocá-la em prática você precisa simplesmente de:

⦁ Timer ou cronômetro para fazer contagem regressiva;

⦁ Uma lista de tarefas (“to-do-list”);

⦁ Lápis, caneta, blocos de anotações, computador e outros materiais que você costume usar nas suas atividades.

Primeiramente, você deve fazer uma lista de tarefas a serem desempenhadas durante o dia.

Depois, basta dividir seu tempo em períodos de 25 minutos (chamados “pomodoros”) e trabalhar ininterruptamente em suas tarefas nesses períodos.

Quando o timer tocar (ao fim dos primeiros 25 minutos), faça um X nas tarefas concluídas ou anote o status de seu trabalho (50% concluído, por exemplo) e faça um breve intervalo de 5 minutos. Nessa pausa, aproveite para fazer outras coisas não relacionadas à tarefa (checar o celular, ir ao banheiro, ligar para um cliente, tomar um café, etc).

A cada quatro ciclos, faça uma pausa maior (entre 15 e 30 minutos) para descansar. Esses intervalos entres os pomodoros são fundamentais para “oxigenar o seu cérebro” e aumentar a agilidade mental.

O conceito do Pomodoro é que a pessoa que vai estudar ou executar uma tarefa demore, exatamente, 25 minutos. Concluindo-a ou não, ele deve parar e descansar 5 minutos."

Durante o tempo de descanso, é interessante não fazer nada que requeira muito esforço mental. Caso contrário, sua mente não será capaz de reorganizar e integrar o que você aprendeu. Como resultado, você não será capaz de dar ao próximo Pomodoro o seu melhor esforço.


Em síntese, este é o passo-a-passo:

1) Escolha a tarefa a ser executada;

2) Ajuste o cronômetro para 25 minutos;

3) Trabalhe na tarefa escolhida até que o alarme toque;

4) Quando o alarme tocar, verifique se completou a tarefa

5) Faça uma pausa curta (5 minutos);

6) Depois de concluir quatro blocos de 25 minutos de trabalho, faça uma pausa mais longa.


Vantagens de usar a técnica Pomodoro

O italiano Cirillo afirma, no seu livro, que a técnica Pomodoro oferece vários pontos positivos, como:

⦁ Alivia a ansiedade;

⦁ Aumenta o foco e a concentração por meio da redução das interrupções;

⦁ Aumenta a conscientização das decisões;

⦁ Aumenta a motivação e mantém-na constante;

⦁ Reforça a determinação para atingir os objetivos;

⦁ Melhora o processo de trabalho ou estudo;

⦁ Reforça sua determinação de continuar a aplicar-se em face de complexas situações."


Vantagens do estudo por ciclos

Desde que foi inventado, o método conquistou fãs ao redor do mundo, desde estudantes a empreendedores. E, com o avanço da tecnologia, inúmeros aplicativos e extensões para navegadores simulam o cronômetro de cozinha em formato de tomate, – como Tomato Time, Pomodoro Time, Pomodoro Keeper, Focus Keeper, etc. – que ajudam na aplicação dessa técnica e dispensam outro tipo de timer.

Além disso, vale lembrar que essas medidas de tempo são apenas as sugeridas no método clássico. Nada impede que você encontre o seu próprio equilíbrio e período de descanso ideal, pois cada pessoa é diferente e só ela mesma, através de observações e testes, consegue melhorar sua própria produtividade e criar um ritmo mais adequado para si.


O que você achou dessa técnica? Deixe um comentário aqui ou no nosso Instagram.


Abraços, até mais :)


REFERÊNCIAS

https://www.bbc.com/

https://www.napratica.org.br/

https://brasilescola.uol.com.br/

https://youtube.com.br






53 visualizações8 comentários

Posts recentes

Ver tudo