Após sim da Peugeot e da Fiat à fusão dá origem ao Stellantis, o quarto maior grupo automobilístico

Atualizado: Mar 25

Os conselhos da PSA e da Fiat Chrysler (FCA) aprovaram quase unanimemente sua fusão. Uma vez dado esse passo, nada deve impedir o nascimento do Stellantis, o novo conglomerado que surgiu da fusão de iguais que se tornará o quarto maior grupo automobilístico do mundo em veículos vendidos e o terceiro em faturamento, depois da japonesa Toyota. e o Volkswagen alemão.

"É uma fusão histórica", disse John Elkann, presidente do grupo Fiat Chrysler, em seu discurso de abertura para a assembleia, que aumentou seu valor cinco vezes nos últimos 10 anos. "Stellantis é uma união de dois sócios com ideias semelhantes, que se unem para construir algo único e excelente", continuou o empresário italiano, que também presidirá a Stellantis. “A próxima década redefinirá a mobilidade. Pretendemos desempenhar um papel decisivo na construção deste novo futuro e foi esta ambição que nos uniu”, acrescentou.

A Comissão Europeia já havia dado sinal verde para a fusão no mês passado, após abrir uma investigação em junho, a um receio que a operação possa conduzir a uma redução drástica da concorrência no mercado das caminhonetas em 14 Estados-Membros, incluindo a Espanha. O sindicato também tem a aprovação de Paris e Roma. Em comunicado conjunto, os ministros da Economia dos dois países, Bruno Le Maire e Stefano Patuanelli, celebraram a fusão de "duas icónicas empresas francesas e italianas" e convenceram-se de que "o novo grupo irá reforçar a liderança industrial europeia". Stellantis, "o novo campeão europeu", terá um "papel fundamental na transição ecológica fundamental na estratégia de recuperação económica europeia", celebraram os ministros, que também sublinharam que continuarão atentos à "contribuição para o emprego industrial de Stellantis França e Itália”.

A nova gigante automotiva europeia terá mais de 400.000 funcionários trabalhando em torno de um total de 14 marcas, algumas marcas emblemáticas como: Citroën, Fiat, Maserati, Peugeot, Alfa Romeo, Jeep e Chrysler. Graças aos esforços das empresas a fusão dará vida a um novo conglomerado, pretende poupar até 5.000 milhões de euros sem fechar fábricas ou eliminar postos de trabalho. Esta melhoria nas sinergias "será a primeira prioridade da Stellantis", disse Tavares. As empresas explicam que o nome Stellantis só será usado para se referir ao grupo, ou seja, Stellantis é uma marca corporativa. Isso significa que as marcas continuarão com seus nomes atuais, como Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën.


Alguns detalhes:

  • A FCA teria acesso às plataformas de veículos mais modernas da PSA, ajudando-a a cumprir regras rígidas de novas emissões;

  • Todos os segmentos serão considerados, de carros de luxo, a SUVs, picapes e comerciais leves;

  • Ainda não há previsão de quando será apresentado o primeiro modelo da fusão;

  • Foco será em duas plataformas: uma pequena e uma compacta/média;

  • Total de 3,7 bilhões de euros em economias anuais;

  • Custo total para alcançar essas economias é estimado em 2,8 bilhões de euros;

  • Fusão terá proporção 50/50;

  • Empresa controladora do grupo será sediada na Holanda;

  • Não são considerados fechamentos de fábricas;

  • O atual executivo-chefe da Peugeot, Carlos Tavares, será o CEO e membro do conselho em um mandato inicial de 5 anos;

  • O atual presidente da FCA, John Elkann, será o presidente do novo grupo.


No brasil como qualquer processo de fusão, a união entre FCA e PSA terá que ser submetida ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) também no país, independente do processo no exterior. "O CADE tem poder para intervir em operações que criem ou aumentem significativamente o poder de mercado das empresas. A apuração parte do grau de concentração, ou da participação de mercado da empresa resultante da fusão", aponta o advogado Juliano Maranhão, especializado em fusões de empresas.


Fontes: El País, G1 Economia, G1 Auto Esporte, UOL.

89 visualizações0 comentário

Campina Grande/PB - Brasil

emecanica01@gmail.com

(83) 9 9854-5836 | (81) 9 9142-2863

©2020 por D.Cavalcanti Design | Blog Mecânica Oficial. | Todos os direitos reservados.