3 CAMINHOS PARA CONSEGUIR SEU INTERCÂMBIO NA ALEMANHA

Estudar fora é o sonho de muita gente. Diversas são as oportunidades de quem consegue ir para o exterior: ter contato com outras culturas, aprender um novo idioma, estabelecer sua carreira naquele país e, principalmente, criar conexões internacionais (Alô, LinkedIn!) são algumas destas oportunidades. Caso tenha interesse em saber mais detalhes de uma experiência como essa, não deixe de conferir meu último texto:

INTERCÂMBIO NA ALEMANHA: RELATO, DICAS E PERCEPÇÕES

No campo da engenharia, indiscutivelmente, a Alemanha é um país referência, seja na área acadêmica, seja na área industrial. E se você tem o sonho de realizar um intercâmbio em terras germânicas assim como eu tinha, não deixe de terminar esta leitura! Mas uma coisa já adianto, existem algumas boas opções de intercâmbio e existem órgaos específicos para te auxiliar a consegui-las.



1. PARCERIA ENTRE FACULDADES


Passando para as opções, não poderia deixar de citar aquela que deu certo para mim: parcerias entre as instituições. Muitas pessoas não sabem, mas há um interesse das faculdades no exterior em receber intercambistas quase tão grande quanto o interesse do próprio aluno em fazer o intercâmbio, uma vez que a “internacionalização” de uma universidade é critério em vários rankings. Portanto, é comum haver parcerias, de forma a garantir vagas para os estudantes brasileiros que têm vontade de ficar um período naquele país.


Uma maneira simples de conferir se sua instituição de ensino possui algo do tipo seria entrando em contato com o departamento de relações internacionais, caso possua.


Obviamente não é tão fácil quanto parece, existe um processo de seleção para essas vagas! O mesmo pode ocorrer em várias etapas e de diversas formas diferentes: o mais simples seria apenas de acordo com o histórico escolar de graduação daquele aluno, olhando suas notas e frequências, por exemplo. Já em processos mais concorridos, a seleção pode envolver etapas como provas e entrevistas.

2. DIRETAMENTE COM AS FACULDADES


“Procurei no site da minha faculdade e não tinha nada sobre relações internacionais... e agora?”


Nesse caso, uma boa alternativa seria entrar em contato diretamente com os órgãos responsáveis da própria faculdade demonstrando interesse em um intercâmbio. É um caminho um pouco mais complicado, já que não haverá uma instituição brasileira te dando o suporte em processos prévios, como documentação, porém, também funciona.


Uma dica para esse método é buscar por universidades que possuam boa estrutura para intercambistas, olhando em rankings como esse:


15 BEST UNIVERSITIES IN GERMANY FOR INTERNATIONAL STUDENTS



3. DAAD


A sigla DAAD significa Deutscher Akademischer Austauschdienst, ou em português, Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico. Basicamente, é uma organização de incentivo ao intercâmbio de dicentes e docentes na Alemanha, que está presente em diversos países, sendo o Brasil, lugar de maior atuação na América Latina. Sua função é divulgar programas de intercâmbio (com bolsa e sem) de vários centros de ensino alemães, além de promover palestras e seminários sobre o tema. Desde sua fundação, em 1925, já auxiliou mais de 2,6 milhões de alunos.

(Fonte: DAAD Brasil)

Caso opte por esse caminho, o estudante deve acessar o link abaixo e procurar as vagas que estão disponíveis e verificar os requisitos das mesmas. Desse modo, poderá saber se está apto ou não a tentar aquela vaga.


DAAD BRASIL


E aí, acredita que essa postagem pode ser útil para algum conhecido? Compartilhe!

75 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo